app-08.png

ATENDIMENTO AOS DIREITOS

DOS TITULARES

GESTÃO DOS PROCESSOS DE ATENDIMENTO

AOS DIREITOS DOS TITULARES

Na era das legislações para organizar o uso dos dados pessoais, baseado nos direitos fundamentais e universais de liberdade e privacidade dos seres humanos, os titulares das informações ganham autoridade sobre o uso de suas informações pelas organizações. Ao mesmo tempo, as autoridades reguladoras trazem uma série de exigências para que as empresas se mostrem diligentes em relação a proteção e respeito com o uso das informações.

Direitos_Imagem 1.png
Direitos_Imagem 2.png

Assim, as empresas precisam formalizar e implementar os novos processos e serviços de dados para oferecer aos titulares que transacionam dados com a instituição informações como: direito da confirmação do tratamento de dados, acesso aos dados, retificação, consentimento ou revogação, entendimento do que é realizado com os dados, objeção a tratamentos e decisões automatizadas por algoritmos, dentre outras.

Uma das necessidades da Lei Geral de Proteção de Dados é o atendimento aos direitos dos titulares. Para isso, o MD2 LGPD Suíte conta com um portal que apresenta ao titular diversas possibilidades de solicitação (através da forma autenticada ou não autenticada). Essas solicitações são registradas automaticamente no Quality Manager a fim de estabelecer de forma centralizada toda a gestão para o atendimento do titular.